Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Com fortes sanções contra a Rússia, Biden chama Putin de agressor e bloqueia transações em dólar

Por Agência Rádio 2 – 25/02/2022

 

Presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, anunciou novas sanções contra a Rússia, em resposta à invasão da Ucrânia. 

As restrições atingem transações do governo russo em moedas estrangeiras, barram o acesso a novas tecnologias e impõem medidas contra os maiores bancos do país. 

Algumas instituições financeiras, como o Sberbank, terão acesso limitado a transações com dólares, mas a maioria não poderá mais realizar negócios com empresas americanas e terão o patrimônio nos Estados Unidos congelado. 

As sanções do governo norte-americano atingem UM TRILHÃO DE DÓLARES em ativos movimentados por quatro bancos russos. 

A maior companhia energética do país, a Gazprom, está entre as empresas com acesso limitado a investimentos e empréstimos estrangeiros. 

Biden também vai dificultar o acesso dos russos a produtos de alta tecnologia, o que implica em comprometimento da capacidade para aprimorar o potencial militar. 

No discurso, o líder norte-americano fez ataques ao presidente russo Vladimir Putin e o chamou de agressor. 

No entanto, ironizou que as sanções não devem fazer o governo russo recuar da guerra.

Em suas palavras, Biden disse que ninguém espera que sanções vão prevenir alguma coisa. Elas levam tempo.

E Putin não vai dizer que vai embora por causa das medidas.