Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Chuvas intensas contribuem para avanço de 85,6% nos casos de dengue

Por Agência Rádio 2 – 18/04/2022

 

Brasil já registra mais de 320 mil casos prováveis de dengue, com 79 mortes provocadas pela doença, desde o início do ano.

O crescimento é de 85,6%, na comparação com o mesmo período de 2021, de acordo com o último boletim epidemiológico do Ministério da Saúde.

A região Centro-Oeste é a que apresenta o maior avanço, de 242%, com uma média de 648 casos para cada 100 mil habitantes.

As cidades mais atingidas são Goiânia, Brasília e Aparecida de Goiânia, que também estão entre as cinco com maior número de casos no País.

As outras duas são Palmas, no Tocantins, e Votuporanga, em São Paulo.

Por região, o Sul aparece como a segunda com maior número de infecções de dengue, com 198 casos para cada 100 mil habitantes.

Em entrevista à BBC News Brasil, a bióloga e epidemiologista Cláudia Codeço, pesquisadora da Fundação Oswaldo Cruz, diz que as chuvas intensas e prolongadas favoreceram a dengue este ano.

A doença é transmitida pela picada do mosquito Aedes aegypti, que deposita seus ovos nos locais onde a água fica parada, para que depois da eclosão as larvas possam se desenvolver até a fase adulta.