Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Campanha Adote um Boa Noite tem objetivo de estimular adoção de crianças com mais de 8 anos

Da Redação – 28/12/2020

 

Com o objetivo de estimular a adoção de crianças e adolescentes com mais de oito anos ou alguma deficiência, o Tribunal de Justiça de São Paulo segue com a sua campanha Adote um Boa Noite.

Desde outubro de 2017, o site da campanha divulga fotos e relatos de crianças e adolescentes acolhidos pelo poder judiciário e que têm poucas chances de adoção por falta de interessados.

A ideia é dar visibilidade a esses jovens, mostrando-os como sujeitos de direitos, parte integrante da sociedade, além de tentar contribuir com a evolução da concepção social de adoção, ampliando a baixíssima quantidade de adoções de crianças com mais de oito anos ou com deficiência, cerca de 90% daqueles que se candidatam a adotar pretendem crianças pequenas.

Desde o início do projeto até novembro de 2019, foram conquistadas 19 adoções e outros 26 processos de adoção estão em andamento.

Além disso, três crianças foram adotadas e cinco processos foram iniciados por pessoas atraídas pelo projeto.

Todos os pretendentes precisam passar por uma avaliação antes da aproximação com as crianças, de forma que o contato seja realizado da melhor forma possível.