Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Calendário muda e PIS/Pasep esquecido por mais de 300 mil pessoas só poderá ser sacado no fim de março

Por Agência Rádio 2 – 07/02/2022

 

O trabalhador brasileiro que ainda não retirou o abono salarial do PIS/Pasep referente a 2019 terá que esperar um pouco mais para colocar a mão no dinheiro.

De acordo com dados oficiais, cerca de 320 mil trabalhadores têm dinheiro do benefício esquecido, num total que chega 208 milhões de reais.

Inicialmente, o prazo para pedir esses valores começaria nesta terça-feira, 8 de fevereiro, junto com o pagamento do PIS/Pasep deste ano que tem como ano-base 2020.

O cronograma dos esquecidos, no entanto, mudou. O governo vai liberar primeiro o abono deste ano, para aqueles que têm direito, a partir dessa terça, e quando o calendário de pagamento terminar, dará início ao saque dos atrasados o que, portanto, só será feito a partir de 31 de março.

Este ano, 22 milhões de trabalhadores têm direito ao abono salarial do PIS e 1 milhão receberão o Pasep, num total que ultrapassa 21 bilhões e 800 milhões de reais.

A partir do momento da liberação, os valores poderão ser retirados até 29 de dezembro.

Lembrando que o PIS é destinado aos trabalhadores do setor privado e é e pago na Caixa Econômica Federal.

Já o Pasep é o abono pago a servidores públicos por meio do Banco do Brasil.

Para consultar se e quanto vai receber, é só acessar o aplicativo Carteira de Trabalho Digital, ou por ligar para a central 158.