Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Butantan faz primeiro teste com soro anti-Covid em paciente transplantado infectado pelo vírus

Por Agência Rádio 2 -17/11/2021

 

Homem de 65 anos, transplantado, foi o primeiro paciente a receber o soro anti-Covid, desenvolvido pelo Instituto Butantan, de São Paulo. 

Produzido com plasma de cavalos, o soro é um possível tratamento para a doença provocada pelo novo coronavírus após diagnóstico. 

O teste clínico foi autorizado pela Anvisa em maio. 

De acordo com o Hospital do Rim, onde o paciente recebeu o tratamento, não houve nenhum efeito colateral e a resposta ao medicamento foi adequada. 

O estudo terá 30 pacientes, que devem apresentar quadro leve da Covid-19.  

O tratamento busca prevenir a evolução para um quadro grave, mas não substitui a vacina. 

O primeiro paciente seguirá em acompanhamento no hospital, por 28 dias, por se tratar de pessoa com doença prévia.  

O diretor do hospital, José Medina, disse que em casos mais leves o paciente pode receber o soro e ficar de resguardo em casa. 

Os testes serão feitos também em pacientes com câncer do Hospital das Clínicas, infectados pelo vírus. 

Na segunda fase, participarão 558 pacientes oncológicos transplantados.