Brasil tem quase 870 mil pessoas em acompanhamento por Covid-19 e 3,8 milhões de vacinados

Por Agência Rádio 2 – 09/02/2021

 

O Brasil perdeu, nos últimos sete dias, MIL e 15 pessoas por dia – é a chamada média móvel, que, vale dizer, já está 19 dias acima da marca de mil.

O número é resultado de cálculos realizados pelo consórcio de imprensa, que diariamente atualiza a evolução da pandemia com informações obtidas junto às secretarias estaduais de saúde.

Apenas nas 24 horas entre os boletins divulgados no domingo e na segunda-feira foram registrados 687 óbitos pela doença, totalizando 232 mil, 248 vidas perdidas para a Covid no nosso país.

No mesmo período, 28 mil e 61 pessoas receberam o diagnóstico positivo para o novo coronavírus e agora o total acumulado de infectados no Brasil desde o início da pandemia é de 9 milhões, 550 mil, 301.

O Ministério da Saúde, que também divulga diariamente números sobre a doença, tem totais de casos e mortes ligeiramente diferentes, em razão da metodologia de atualização.

Mas, segundo estimativas do Ministério, dos mais 9 milhões e meio de infectados, 8 milhões, 447 mil, 645 já conseguiram se recuperar.

De acordo com cálculos da pasta federal, a taxa de letalidade da Covid-19 no país está em 2,4%. Em números, pra compreensão ficar mais fácil, significa que, a cada 100 contaminados, 2,4 não sobrevivem às complicações da doença – ou 24 em cada mil.

Neste momento, a estimativa oficial é que 868 mil, 264 pacientes estejam em acompanhamento em razão da doença em todo território nacional.

Já em relação à vacinação, o consórcio de imprensa aponta que o Brasil aplicou, segundo dados divulgados até às 8 horas da noite desta segunda, 3 milhões, 816 mil, 951 doses no total e pouco menos de 34 mil pessoas no Distrito Federal e nos estados de Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e Pernambuco já receberam a segunda dose do imunizante.