Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Bolsonaro troca seis ministros do governo; saiba quem sai e quem entra

Por Agência Rádio 2 – 30/03/2021

 

O presidente Jair Bolsonaro oficializou as mudanças em seis ministérios.

Uma publicação no Diário Oficial da União confirma as trocas no primeiro escalão do governo, anunciadas na tarde desta segunda-feira.

Uma das trocas de maior destaque é a do Ministério das Relações Exteriores. O Congresso Nacional já estava pressionando o governo pela saída do embaixador Ernesto Araújo.

Na visão de parlamentares, sua atuação, considerada ideológica, acabou comprometendo a imagem do Brasil no cenário exterior, além de ter dificultado o acesso de nosso país às vacinas contra a Covid-19.

Quem assume o Itamaraty no lugar dele é o embaixador Carlos Alberto Franco França, diplomata de carreira que estava na assessoria especial da Presidência da República.

Os ministros da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, e da Advocacia-Geral da União, José Levi, saíram por contrariar os interesses de Bolsonaro.

Na Defesa, entra o general da reserva Walter Souza Braga Netto, atual chefe da Casa Civil e, André Mendonça, que estava no Ministério da Justiça e Segurança Pública, volta para a AGU.

Para assumir o lugar de Mendonça, Bolsonaro nomeou como ministro da Justiça o delegado da Polícia Federal Anderson Torres, e, no lugar de Braga Netto, na Casa Civil, entra o general da reserva Luiz Eduardo Ramos, atual ministro da Secretaria de Governo que, por sua vez, foi substituído pela deputada federal Flávia Arruda, do PL do Distrito Federal.

Com as seis trocas anunciadas nesta segunda-feira, Jair Bolsonaro totaliza 24 mudanças no primeiro escalão desde que assumiu a presidência.

Ele superou a marca da ex-presidente Dilma Rousseff, do PT, que em período equivalente de mandato havia feito 20 mudanças em seu gabinete ministerial.

Colabore com a Rádio Diocesana, seja um Amigo da Rádio. Entre em contato no fone (16) 3362-4485 ou pelas nossas Redes Sociais.