Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Biden segue à frente na disputa presidencial dos EUA; chances de Trump são pequenas

Por Milena Abreu, da Agência Rádio 2

 

O candidato democrata Joe Biden segue à frente na disputa presidencial dos Estados Unidos.  

O cenário, no entanto, ainda não está definido e atual presidente e candidato à reeleição, o republicano Donald Trump, ainda tem chances de vencer.  

As eleições norte-americanas são diferentes das eleições aqui no Brasil. Lá, a escolha é indireta.  

Por volta das 8 horas da manhã desta sexta-feira, Biden já tinha garantido 253 delegados no colégio eleitoral, contra 213 obtidos por Trump. 

Para ser eleito, o candidato deve somar 270 delegados.  

Apenas seis estados ainda estados ainda estão contando os votos – mas são estados decisivos, que podem alterar todo o cenário.  

Nas últimas horas, Biden ampliou a vantagem sobre Trump, porque ultrapassou o atual presidente na contagem do estado da Georgia, que garante 16 delegados.  

Caso conquiste a Geórgia, ficará com 269 delegados e acaba com as chances de Trump alcançar os 270 necessários para ser eleito. 

Nesse cenário, o máximo que pode acontecer é um empate, se Trump vencer nos outro 5 estados que ainda estão contando votos.  

Esse cenário de empate, no entanto, não é o mais provável, já que Joe Biden está liderando no Arizona, que lhe garantiria mais 11 votos no Colégio Eleitoral – e, consequentemente, a eleição para a Casa Branca. 

Seguem contando votos também os estados de Nevada, Carolina do Norte, Pensilvânia e Alasca.