Auto-reconhecimento aliado ao uso de tecnologia: como as mulheres podem conciliar sucesso no trabalho, família e bem-estar

Por Agência Rádio 2 – 07/06/2021

 

Como está a sua cabeça com tantas transformações no trabalho, em casa, na vida cercada de tecnologia?

E as múltiplas tarefas sobrepostas nestes tempos de pandemia, tudo adaptado num só lugar: trabalho, reuniões, aulas dos filhos, limpar, cozinhar, comprar, passar álcool em gel, usar máscara, medir a temperatura…

Ufa!

Haja saúde mental para conciliar tudo isso e ainda cultivar a alegria, a autoestima e o bem-estar.

As mulheres, sem dúvida, são as mais atingidas emocionalmente pelos efeitos da pandemia.

O primeiro passo para não “enlouquecer” é olhar para dentro e se reconhecer, conta Daniela Diniz, diretora de conteúdo e relações institucionais da consultoria Great Place to Work.

Assumir o protagonismo da vida também impõe o reconhecimento das próprias limitações.

E para não cair num buraco sem fundo, é importante se autocuidar, explica Ana Paula Gonçalves, gerente de RH na Pernod Ricard.

Ana Paula empresta sua experiência de 20 anos na área de Recursos Humanos para traçar um perfil do trabalhador qualificado da atualidade:

Taí, é se enxergar, arregaçar as mangas e ser feliz!