Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Assembleia Geral da ONU começa em NY com o tema Resiliência e Esperança na reconstrução pós-pandemia

Por Agência Rádio 2 – 21/09/2021

Começa nesta terça-feira, em Nova York, nos Estados Unidos, a Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas, com quase uma centena de líderes mundiais que vão debater as mudanças no mundo pós-Covid-19.

A edição de número 76 acontece de forma híbrida, com participação presencial de chefes de Estados e também por meio remoto.

O tema bastante abrangente propõe resiliência e esperança para se recuperar da Covid-19, reconstruir a sustentabilidade, responder às necessidades do planeta, respeitar os direitos humanos e revitalizar as Nações Unidas.

A primeira polêmica do encontro nestes dois dias, gira em torno das restrições para circulação pela cidade de Nova York com as medidas sanitárias contra a Covid-19.

Bares, restaurantes, museus e todos os espaços públicos mantém a obrigatoriedade do uso de máscara de proteção facial em ambiente interno. E apresentar comprovante de vacinação.

A própria ONU se viu às voltas com uma possível proibição de acesso aos líderes que não tivessem se vacinado – como é o caso do presidente Bolsonaro – mas recuou numa atitude política de não fechar as portas das Nações Unidas para chefes de Estado.

Já o prefeito da cidade-sede, Bill de Blasio, mandou um recado às autoridades mundiais: ABRE ASPAS se você não quer se vacinar, nem precisa vir FECHA ASPAS.

O prefeito de Nova York afirmou que todos precisam estar em segurança e juntos, e isso significa que precisam ser vacinados.

Jair Bolsonaro é único chefe de Estado presente à Assembleia da ONU que declarou não ter tomado vacina contra a Covid-19.