Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Após denúncia por descumprimento de carga horária, prefeitura de São Carlos afasta médico por 30 dias

Da Redação – 09/05/2022 – Foto: Divulgação / Prefeitura de São Carlos

 

A prefeitura de São Carlos, por meio da Secretaria de Gestão de Pessoas, afastou por 30 dias, com prejuízo nos vencimentos, o médico denunciado por não cumprir a carga horária contratual de 8h diárias no atendimento aos pacientes da USF do Jardim Munique.

O servidor é médico de saúde da família, com salário base de mais de R$18 mil. O horário de trabalho do servidor pelo contrato com o município é das 7h às 15h30, com meia hora de intervalo para almoço, porém na última terça-feira (03/05), após denúncias, foi constatado que o profissional deixou o posto de trabalho na USF do Munique às 10h para cumprir plantão em uma cooperativa médica.

O vereador Ubirajara Teixeira (Bira) foi quem recebeu a denúncia e chamou a comissão de saúde da Câmara Municipal, composta pelos vereadores Lucão Fernandes, Cidinha do Oncológico e Sérgio Rocha, para verificar se realmente o profissional estava agindo em prejuízo aos usuários do SUS.

Segundo o Secretário de Gestão de Pessoas, Dante Nonato, foi solicitado o afastamento do médico por 30 dias a partir desta sexta-feira (06/05) e aberto um processo administrativo disciplinar.