Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Anvisa libera aplicação da CoronaVac em crianças e jovens entre 6 e 17 anos

Por Agência Rádio 2 – 21/01/2022

 

A CoronaVac, vacina do Instituto Butantan contra o coronavírus, vai poder ser aplicada em crianças a partir de 6 anos aqui no Brasil.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária aprovou, por unanimidade, nesta quinta-feira, o uso em crianças e jovens de 6 a 17 anos.

O Butantan pediu autorização para vacinar crianças a partir de 3 anos, mas a Anvisa alegou falta de estudos suficientes que comprovem a eficácia para essa faixa de idade liberou a aplicação do imunizante apenas a partir de 6 anos.

Os brasileiros dessa faixa etária já começaram a ser imunizado aqui no nosso país, mas apenas a vacina da Pfizer estava liberada para crianças – a partir de 5 anos, nesse caso.

Com a aprovação do uso da CoronaVac, a oferta de doses aumenta, e a vacinação das crianças e jovens deve acontecer de forma mais rápida do que o previsto até então.

O Instituto Butantan já tem armazenado 10 milhões de doses prontas.

Vale dizer que, diferente da Pfizer, que usa imunizante com fórmula adaptada para aplicação em menores de 18 anos, a vacina do Butantan que será aplicada em crianças é a mesma aplicada em adultos – e na mesma quantidade.

O esquema vacinal também não muda. Crianças que receberem a primeira dose de Coronavac devem tomar a segunda dose em intervalo entre 2 e 4 semanas

Ao autorizar o imunizante, a Anvisa fez uma ressalva: crianças com baixa imunidade, que são imunissuprimidas, não devem ser vacinadas com a dose do Instituto Butantan.