Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Anvisa alerta para riscos do Kit Covid; prevenção deve ser feita com vacina e medidas de higiene

Por Agência Rádio 2 – 06/04/2021

 

O uso de remédios deve sempre ser feito sob a orientação de um especialista, para afastar o risco de intoxicação ou de outros danos ainda mais graves ao organismo.

Ao se automedicar, a pessoa corre o risco de ingerir substâncias que não poderiam ser misturadas, esconder sintomas importantes e até agravar a doença.

O medo de ser infectado pela Covid-19 fez muitos brasileiros começarem a fazer uso de medicamentos apontados erroneamente como eficazes contra o vírus.

Entre eles a ivermectina, a hidroxicloroquina e a cloroquina, que de acordo com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária, a Anvisa, está associada a mais de 500 casos de reações adversas, após o início da pandemia.

As substâncias do chamado Kit Covid são suspeitas de terem provocado pelo menos nove mortes e têm sido utilizadas sem que haja qualquer evidência científica de que funcionem contra o coronavírus.

Os especialistas alertam que quando ocorre uma infecção por Covid-19, cada organismo poderá ter uma reação diferente e somente o médico saberá indicar o melhor tratamento.

Também não existem compostos capazes de evitar a doença.

A melhor maneira de se proteger contra o vírus é manter o isolamento, usar a máscara facial, higienizar as mãos e tomar a vacina, quando for possível.

Colabore com a Rádio Diocesana, seja um Amigo da Rádio. Entre em contato no fone (16) 3362-4485 ou pelas nossas Redes Sociais.