Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Antidepressivo em spray poderá ser usado no tratamento da depressão resistente

Por Sig Eikmeier, da Agência Rádio 2

 

Anvisa aprova antidepressivo na forma de spray inalável para ser utilizado em hospitais e clínicas especializadas.

Feito à base de escetamina, o medicamento é recomendado para adultos com depressão resistente aos tratamentos convencionais.

Seu uso também é indicado para os casos de transtorno depressivo maior, com comportamento suicida.

O remédio produz efeito pouco tempo após a aplicação e só poderá ser administrado na presença de um profissional de saúde, para assegurar o uso correto, informa a Anvisa.

O cloridrato de escetamina estimula áreas do cérebro ligadas à emoção, enquanto os antidepressivos tradicionais atuam para aumentar a quantidade de neurotransmissores relacionados à sensação de prazer e bem-estar.

Resultados dos estudos clínicos da fase três do medicamento indicaram que ele age em poucos dias.

Já os antidepressivos convencionais levam de seis a oito semanas para produzir os efeitos desejados.

De acordo com o G1, a escetamina inalável foi liberada em março do ano passado nos Estados Unidos, onde o uso também é feito com acompanhamento médico.

Dados da Organização Mundial da Saúde indicam que quase 300 milhões de pessoas sofrem de depressão no mundo todo.

A doença muitas vezes é subestimada e em quadro mais graves pode levar ao suicídio, por isso é importante que o tratamento seja acompanhado por um profissional especializado.