Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

ANS atualiza rol de procedimentos e planos devem cobrir novos tratamentos e medicamentos

Por Agência Rádio 2 – 03/03/2021

 

A cobertura dos planos de saúde aumentou.

A Agência Nacional de Saúde Suplementar, a ANS, publicou uma resolução normativa no Diário Oficial da União atualizando os procedimentos e eventos que devem ser cobertos pelos planos de saúde, o chamado rol de procedimentos.

Ao todo, foram adicionadas 69 coberturas que, a partir de abril, passam a fazer parte da lista obrigatória de assistência.

Dessas, 50 são novos medicamentos e 19 novos exames, terapias e cirurgias indicadas no tratamento de enfermidades do coração, intestino, coluna, pulmão e mama, entre outras.

Entre os medicamentos que passam a ter cobertura do plano de saúde por determinação da ANS estão drogas usadas para o tratamento de doenças inflamatórias, crônicas e autoimunes, como psoríase e esclerose múltipla, além de remédios indicados para o enfrentamento de diversos tipos de câncer.

Já entre os novos procedimentos com cobertura obrigatória estão intervenções para tratar hérnia de disco lombar e deformidade na mandíbula, problemas na coluna cervical e no coração.

As mudanças se aplicam a todos os planos contratados a partir de 1999.

Se o plano foi contratado antes disso, mas foi adaptado seguindo a Lei dos Planos de Saúde, também está sujeito às novas obrigações.

Vale ressaltar que o rol de procedimentos é cobertura mínima que os planos privados são obrigados a oferecer.

A última atualização da lista desses procedimentos obrigatórios havia sido feira em 2018.