Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Ana Marcela Cunha é ouro na maratona aquática em Tóquio; Brasil fica fora do pódio no skate park

Por Agência Rádio 2 – 04/08/2021

 

O Brasil conquistou mais um ouro nas Olimpíadas de Tóquio.  

A medalha dourada veio com Ana Marcela Cunha, na maratona aquática.  

A baiana, de 29 anos, já é dona 11 medalhas em Campeonatos Mundiais de Esportes Aquáticos, mas ainda não tinha nenhuma olímpica na vasta coleção.  

Não tinha! Ana Marcela Cunha agora estampa a mais alta condecoração dos Jogos em na sua galeria de conquistas.  

A tão sonhada medalha olímpica veio da noite desta terça-feira – na verdade, já era manhã de quarta lá em Tóquio.  

A brasileira, que foi quinta em Pequim 2008, não participou de Londres 2012 e terminou em 10o os Jogos do Rio em 2016, nadou, em Tóquio, 10km com o tempo de 1h59min30s08 milésimos e garantiu a presença no lugar mais alto do pódio.  

Mas nem tudo deu tão certo para os brasileiros entre a noite de terça e a manhã de quarta, considerando o horário de Brasília.  

No vôlei de praia, o nosso país perdeu a última chance de terminar as Olimpíadas com medalha. 

Alison e Álvaro perderam para os rivais da Letônia por 2 sets a 0 e foram eliminados. Eles eram única dupla brasileira que ainda estava viva nas disputas da modalidade. 

No skate park, as brasileiras Dora Varella e Yndiara Asp conseguiram vaga na final, mas terminaram na sétima e oitava posição, respectivamente.  Isa Pacheco não passou das eliminatórias. 

Ana Luiza e Fernanda Oliveira, na classe 470, da vela, terminaram a competição na nona colocação geral; e Ingrid Oliveira, dos saltos ornamentais, não conseguiu passar para as semifinais da plataforma de 10m.