Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Amazônia tem recorde de desmatamento no 1º tri; mais de 940 km² de floresta foram perdidos

Por Agência Rádio 2 – 11/04/2022

 

312,23 quilômetros quadrados.

Esse é o total de área que foi desmatada na Amazônia no mês de março, segundo dados consolidados do INPE, o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais.

O número é 15% menor  em relação a março de 2021.

No acumulado do primeiro trimestre, já são 941 ,3 km² de floresta perdida, a maior área já destruída nos três primeiros meses do ano. Em relação aos meses de janeiro, fevereiro e março do ano passado, o desmatamento aumentou 64%.

Vale destacar que, nos primeiros meses do ano, o INPE costuma registrar índices menores de desmatamento, por ser um período mais chuvoso, que torna o desmatamento mais difícil e custoso.

Na semana passada, em um documento enviado à ONU, o Brasil previu reduzir em 37% suas emissões de gases do efeito estufa 2025, na comparação com 2005. Além disso, se comprometeu também com a redução de 50% até 2030, mantendo 2005 como referência.

Especialistas lembram, no entanto, que o desmatamento é a principal fonte de liberação do carbono no país.