Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Ações de combate à Dengue passam por sete bairros de Araraquara nesta quarta-feira

Da Redação – 06/04/2022

 

As ações de combate à Dengue passam por sete bairros de Araraquara nesta quarta-feira(06).  Jardim das Estações, Santa Angelina e Laranjeiras receberão a visita dos agentes de controle de endemias da Vigilância Epidemiológica, que realizarão trabalhos de vistoria casa a casa.

Também hoje, o fumacê passará no período da manhã pelo parque Residencial São Paulo e à noite no Parque Residencial Jatobá e Parque Sabiá. Já o serviço de nebulização será realizado no centro, entre o Parque Infantil e a Avenida Padre Francisco Sales Colturato (Avenida 36).

No próximo sábado (9), os agentes de controle de vetores da Vigilância Epidemiológica e os agentes comunitários de saúde realizarão um arrastão contra a Dengue nos bairros do Jardim Indaiá e São Rafael. Os trabalhos serão das 7h às 13h.

A ação consiste em uma varredura por possíveis criadouros dentro das residências, com vistoria e retirada de materiais que possibilitem acúmulo de água. Participarão do arrastão aproximadamente 100 servidores envolvidos entre fiscais municipais, supervisores, agentes de combate a endemias e agentes comunitários de saúde.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone da ouvidoria da Vigilância Epidemiológica, que é o 0800-7740440, ou no Whatsapp da prefeitura, o (16) 99760-1190.

Segundo a vigilância, no ano de 2022 foram registrados 2.208 casos confirmados de dengue. Foram 150 casos em janeiro, 678 casos em fevereiro e 1.380 em março. Neste ano, seis óbitos causados pela Dengue foram registrados em Araraquara.

O Centro de Atendimento de Dengue funciona no Hospital de Campanha, diariamente, inclusive finais de semana e feriados, das 7h às 21h. E todas as unidades de saúde do município também atendem casos suspeitos de Dengue – os postos funcionam de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 16h30, e as upas, 24 horas por dia.

Vale acrescentar que a UPA da Vila Xavier, que desde o início da pandemia de Covid-19 atendia exclusivamente casos da síndrome gripal, já retomou o atendimento de outras patologias, inclusive dengue.