14 milhões de famílias brasileiras estão vivendo na miséria

Por Agência Rádio 2 – 06/01/2021

 

14 milhões de famílias brasileiras estão vivendo na miséria, com renda de até R$ 89 mensais por pessoa.

Significa, segundo dados do CadÚnico, o Cadastro Único para programas sociais do governo federal, 40 milhões de brasileiros em situação vulnerável, de extrema pobreza.

Além dessas 14 milhões de famílias na miséria segundo reportagem publicada no site UOL, em outubro de 2020 havia outras 2 milhões e 800 mil famílias em situação de pobreza, como são classificadas aquelas que tem renda entre 90 e 178 reais por pessoa.

O número de famílias cadastradas em extrema pobreza trem crescido no país, saltou de 12 milhões e 700 mil em dezembro de 2018 para os atuais 14 milhões.

E, ainda com a economia sentindo os impactos da pandemia de coronavírus, e com o fim do pagamento do auxílio emergencial a tendência é que a pobreza continua avançando no país.

O Bolsa Família, que e o principal programa federal para atender essa população, foi pago, em novembro de 2020, último mês em que há dados consolidados, para 14 milhões e 300 mil famílias.

A média do valor pago naquele mês foi de 329 reais. Como fim do auxílio emergencial, essa média deve voltar ao patamar de antes da pandemia: 190 reais.